Amiglo é uma proposta ampla e experiente para parcerias em comunicação

Flagrante no estúdio

Estamos na internet desde 1995. Quando penso nisso, o que me vem à mente é aquela loucura inicial, na qual ninguém sabia ao certo o que fazer com o recurso que acabara de ser disponibilizado. Se bem que, ainda hoje, essa é uma dúvida que permeia os negócios em geral, mas em outra dimensão: “se não tenho um comércio online, devo investir somente nas redes sociais?”, “se eu já tenho uma página no Facebook, porque eu deveria investir num domínio próprio na internet?” e por aí vai.

Não é só mais uma questão simples de presença na rede. Envolve toda uma complexidade de tecnologias, interações e usos que influenciam a cultura das empresas de todos os portes e segmentos.

Essa nova cultura digital transformou a publicidade e as artes gráficas. Hoje, as empresas de comunicação precisam dominar mais disciplinas para atenderem às demandas dos seus clientes, embora a terceirização e a parceria com empresas mais especializadas continuem.

Hoje, as empresas de comunicação precisam dominar mais disciplinas para atenderem às demandas dos seus clientes, embora a terceirização e a parceria com empresas mais especializadas continuem.

Os novos tempos exigem, além dos produtores gráficos e RTVs, produtores digitais e os tais “analistas” de redes sociais.

Os “mídias” das agências têm menos jornais, tevês e rádios para programar, mas têm muita postagem para impulsionar e e-mail marketing para disparar.

O lance, agora, é criar “inbound” para atrair “leads” e “landing pages” para capturá-los. É a segmentação da segmentação dos públicos. É a busca por mais objetividade na prospecção de clientes e mais racionalidade nos investimentos.

Hoje, também, temos que produzir o próprio meio de comunicação, para nós e para os clientes.

Ainda fazemos informativos impressos. Mas, em contrapartida, operamos tevês corporativas há alguns anos.

Fazemos e-mail marketing, mas também produzimos e distribuímos folhetos impressos.

Nem tudo se “internetizou” e a demanda “offline” ainda é muito alta.

Aonde eu quero chegar com tudo isso? Na experiência, ora.

Desde 1984, a gente vivencia, na prática, todas essas transformações pelas quais a comunicação e os meios passaram (e continuam passando) e que mudaram (e continuam mudando) o comportamento das pessoas e das empresas.

Com o conhecimento da Amiglo, os clientes sempre têm boas experiências, seja em uma ação isolada ou em um relacionamento de longo prazo.

Navegue em nosso novo site , conheça as nossas propostas e serviços.

Aqui, com a gente, inteligência, fidelidade, faro apurado, parceria, objetividade e resultado são mais que simples promessas.

Essas ideias se consolidam em nossa marca e em nossa história.

Fale com a gente. Bons negócios nascem em boas conversas.

 

Eduardo Pinotti, diretor geral.

Eduardo Pinotti, diretor geral.